27/09/2017

Das Vindimas no Douro ao Rio de Janeiro - Ana Mariano de Carvalho


Título: Das Vindimas no Douro ao Rio de Janeiro
Ano: 2016                                                                                            Editora: Hyria
Páginas: 224                                                                                      Compre aqui: Loja Editora Hyria
Autora: Ana Mariano de Carvalho                                       Skoob
Exemplar cedido pela editora.

Sinopse: Bento é um rapaz sonhador de 21 anos e que mora em uma cidade pobre do interior de Portugal, a Galafura de 1930. O jovem trabalhador que sempre ajudou o pai na fazenda foi trabalhar no inverno em uma vindima em outra cidade para ajudar na renda.
Lá conheceu o amigo Maurício, com quem dividiu sonhos e suor. Por lá, também conheceu Amélia, uma moça de mesma idade, loira e com um vestido branco que o encantou. Apaixonou-se no mesmo momento que viu seus olhos cor de amêndoa, porém, foram apenas cinco minutos perto um do outro.
Convencido pelo amigo, os dois decidiram partir para o Brasil, terra de oportunidades, para enriquecerem e darem boa vida as famílias. O caminho foi longo e cheio de aventuras, os dois amigos chegaram à terra nova com ambição e determinação e enfrentaram grandes desafios. Contudo, a jovem Amélia, da Vindima Nossa Senhora do Rosário, reapareceu para agitar a vida de Bento e colocar a amizade com Maurício à prova.​

Oi gente tudo bem?
Hoje é dia de trazer a resenha do segundo livro incrível que recebi da Editora Hyria, fiquei de cara encantada pela história principalmente pela capa e pela história que contém.


Tudo se inicia no ano de 1930, na cidade de Eiriz em Portugal, onde a pobreza era cada vez maior. O povo vivia de trabalho árduo e duro, sabiam que viveriam assim até os últimos dias de suas vidas, pois ninguém nunca tivera oportunidade de ir para um lugar melhor. Bento estava lá, sempre que podia ajudava seu pai na uva, onde tiravam os lucros para conseguir se alimentar.

"Fazia frio. A madrugada era assim: o vento percorria a vinha, sua pela quinta e entrava no corpo como que a lembrar de que ali quem mandava e dominava era natureza." Pág. 11

Bento era um rapaz lindo e trabalhador. Queria ir para o Brasil para fazer fortuna e ajudar seus pais que tanto precisavam e principalmente seu irmão Jacinto que perdera a visão desde novo. Maurício que era amigo de Bento tinha um tio no Brasil e lhe propusera que fosse trabalhar para ele, Maurício que não queria ir sozinho e tinha medo, convidara Bento, este não pensara duas vezes.

"Imaginem, o calor é tanto que quando vi que estava a chover com muita força, pus-me no meio da rua e deixei a chuva cair sobre mim, foi um prazer enorme, senti-me abençoado por Deus, todo encharcado vestido de branco e, ao mesmo tempo, tão lavado e único, um prazer enorme ao sentir que não sou criticado aqui, todos veem os outros e o mundo com mais respeito e liberdade." Pág. 81

Nesta mesma época Bento conhecera a menina Amélia, tão linda, adorável e simpática. Ela o chamara de o rapaz dos olhos de uvas verdes, pois eram tão belos que eram impossíveis de serem esquecidos. Aquela rosto daquela jovem nunca mais fora esquecido pelo Bento e o rosto dele nem por ela.

"Podemos ter tudo, mas também podemos viver um inferno criado por nós mesmos." Pág. 187

Eram horas de viagens e a chegada ao Brasil o deixavam mais nervosos, não conseguiam acreditar que existia um lugar tão belo. E foi durante essa viagem que tiveram a sorte de conhecer Antonio, um senhor de idade que propusera emprego em uma simples padaria que lhe trazia dinheiro, Bento por si, ficara faceiro e aceitara sem questionar. Já Maurício, tinha um emprego garantido com seu tio.


Das Vindimas no Douro ao Rio de Janeiro é uma obra cheia de reviravoltas entre romances e traições, a vontade de ir além pode ser prejudicar ao próximo, a vontade de trabalhar de Bento é forte, notável e a cada sua nova batalha conseguimos entender o seu lado e ficamos animados. São tantas desavenças, despedidas que ao ler sentimos um nó na garganta.


Em todos os momentos senti-me envolvida e apaixonada pela luta que Bento tinha, ele queria ser alguém na vida com as mãos limpas sem fazer arte manhas ou tentar prejudicar o próximo, menino que descrito parecia ser lindo. Fiquei apaixonada pela sua luta e sei que vocês também ficariam.

Ao terminar de ler senti um vazio, não sabia que iria terminar desse jeito e fiquei sem reação, cheguei a chorar de tamanha tristeza e surpresa. Impossível não se emocionar em todos os capítulos, foram anos de luta e um amor que fora difícil.

A edição está incrível, a cada vez que leio um livro da Hyria, sinto-me encantada diante de tanta beleza que suas obras possuem e leveza nas páginas. Não encontrei nenhum erro ortográfico e a edição está um luxo, realmente encantadora.

Sobre a autora:
Ana Mariano de Carvalho nasceu em Lisboa, onde formou-se em História, na Universidade Lusíada, e cursou pós-graduação em Descobrimento e Expansão Portuguesa pela Universidade Nova de Lisboa. Aos 20 anos veio para o Brasil. É apaixonada pela escrita e por histórias de amor e paz.



Espero que tenham gostado dessa resenha e até a próxima.

37 comentários:

  1. Oi Morgs,
    Tudo?
    Não conhecia o livro nem a autora, mas me chamou atenção pelo título e ser livro nacional. Parece ser uma linda história cheia de luta e reviravoltas, fiquei interessada se puder quero ler sim.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Heiii, tudo bem?
    Adoro um bom romance histórico, acho que é um dos meus gêneros favoritos junto com fantasia.
    Gostei da premissa, achei bem interessante e vc elogiando a obra e com personagens bem contruidos, me anima a conhecer.
    Uma pena que eu nao tenho gostado da capa.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, nem a editora. E confesso que a história já me ganhou pela capa. É linda! Saber que Bento tem tanta força de vontade, tanto afinco para conseguir conquistar o que deseja de forma honesta tbm me agrada e muito. Ser repleto de reviravoltas só mais um motivo para que eu termine a leitura como vc... Completamente extasiada! Dica pra lá de anota!

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  4. É um livro enriquecedor, quando histórias de passam em Portugal, sempre tendem a ser assim.
    Uma obra fantástica e bem escrita.
    Me deixou curiosa quanto ao final da obra, :( HASUASHAUSHAUSHUAHSU se faz chorar já fico com o coração na mão.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  5. Olá Morgs, tudo bem?
    Sua resenha me passou a sensação de que esse livro realmente merece o titulo de "obra". Uma leitura rica, intensa e bem completa. Confesso que fiquei com medo do final, não gosto muito de livros que me fazem chorar. Ai meu Deus não quero chorar kkkkk
    Beijos e amei mais uma das suas lindas resenhas

    ResponderExcluir
  6. Amiga você lê livros muito cults nunca vi. Rsrs
    Quase nunca nossos gostos combinam não é mesmo? Mas eu adoro conferir suas resenhas são sempre muito boas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu ainda não conhecia esse livro, e não sabia que tinha uma história tão enriquecedora assim. Fiquei bem curiosa para conferir esse título, e a sua resenha está ótima, fiquei bem animada para ler.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. deve ser uma leitura tocante... a ambientação em Portugal inicialmente me deixou curiosa pra fazer a leitura... espero ter a chance de solicitar e curtir a história...
    bj, Morgs...

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Nossa, eu amo livros que mexem com BR/PT, não sei explicar por quê e eles são tão raros! Tive a impressão que o final é triste, é isso mesmo? Mas isso não tirou a minha vontade de conhecer esse livro que parece ser muito bonito. Dica anotada!

    Beijinhos,
    http://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!!
    Nunca tinha ouvido falar dessa editora, menina!!
    Gostei bastante da temática dessa obra, me fez lembrar As Vinhas da Ira, só que a importância de Das Vindimas no Douro ao Rio de Janeiro é muito maior, pois mostra o processo imigratório em nosso país, adorei a resenha, dica anotada!! =)

    ResponderExcluir
  11. Se eu não tivesse lido sua resenha nunca teria me interessado pelo o livro, pois o título e a capa não me faz lembrar nunca um romance nem nada que o livro realmente tem para contar, eu simplesmente amei e estou curiosa e ansiosa para ler ele também. Saber como você ficou ao terminar a leitura me deixa ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
  12. Olá Morgs! Não conhecia o livro, mas pela sua resenha já vi que é um livro bem emocionante e que mexe com o leitor. Parece ser uma linda história, fiquei curiosa para conhecer, beijos!

    ResponderExcluir
  13. Morgs, fiquei encantada com sua resenha! Parece uma história tão rica de sentimentos que cheguei a suspirar. Dica anotada!

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Eu não conhecia o livro mas a maneira que você falou sobre ele me deixou curiosa, a premissa é bem diferente, não sei como eu reagiria com a leitura, mas fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Morgs! Parece ser uma obra emocionante mesmo, onde podemos nos conectar rapidamente com o enredo e torcer pelo personagem principal. Sua resenha está ótima e fiquei curiosa para conhecer essa história, espero gostar tanto quanto você. Bjss!

    ResponderExcluir
  16. Oi Morgs,o livro parece ótimo, gosto de romances, ainda mais se estão recheados de reviravoltas. Dica anotada.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  17. Oi Morg, a literatura nacional tem sempre minha atenção e como não conhecia o livro e nem a autora vou buscar este livro para incluir mais uma na minha lista de tesouros nacionais, apesar da autora ser portuguesa, como está no Brasil desde os 20 anos, já é nossa. Hahahaha.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  18. Oi Morgs,
    Gosto de vir sempre no seu blog porque você sempre trás resenhas de livros diferentes da Hype, que eu nunca ouvi falar! Tive que pesquisar o que era Vindima, pois confesso que nunca me deparei com o termo. Achei o nome do livro bem complicado à primeira vista. Gostei da narrativa e do fato de ser de época. Vou anota a dica!
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  19. Oi Morgana!
    Não conhecia esse livro, vi o insta esses dias a capa e gostei, a história parece ser bem envolvente, gostei da determinação do personagem, lutador e guerreiro. Quem sabe eu não leia..

    beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Não conhecia esse título nem o autor, mas pelos seus comentários parece ser uma bela história, fiquei com vontade de ler.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  21. Olá!!

    Gostei bastante da sua resenha e achei que a história pode me agradar bastante, vou anotar sua dica para quando eu tiver um tempo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Sua resenha está linda, faz tempo que não leio algo em português europeu e pode ser que eu arrisque essa leitura. Obrigada pela dica, sempre que venho aqui, você me surpreende com suas leituras refinadas!

    ResponderExcluir
  23. Oiiie!

    Eu não conhecia o livro e fiquei encantada com sua resenha... Gosto de obras que me tire o folego como essa parece fazer. Faz tanto tempo que não choro com um livro, acho que essa é uma das sensações mais interessantes que podemos ter.
    Dica anotada. ADOREI as fotos

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  24. Oi Morgs! Nossa que leitura legal, um tanto diferente do que estamos acostumados né? Uma história sobre dificuldades, trabalho, imigração... realmente deve ter sido uma experiência bem sensível. Gostei da dica. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  25. Oie
    nossa, ótimo saber que o livro te causou tanta sensações, então significa que é intenso e que vale a pena, não conhecia mas já estou curiosa depois da sua resenha, bela dica, adorei

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Morgana! Essa estória tem cara daquelas bem épicas, cheias de drama e que dão uma aflição enorme a qualquer indício de maldade contra os personagens que criamos carinho. Imagino que deva ser uma experiência de leitura espetacular, ainda mais com essa pegada histórica que é sempre uma gostosura de se ler!

    ResponderExcluir
  27. Olá! Adoro romances desse tipo, que envolvem não apenas a história de amor, mas outras questões como o trabalho árduo, desavenças, despedidas e traições. Adorei a capa e gostei de saber que a edição é luxuosa, encantadora e se encontra sem erros. Vou colocar na minha lista, pois adoro obras que se passam ou fazem menção a cidades brasileiras.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oi Morg tudo bem? ainda não conhecia o livro, mas achei a edição belíssima e sua resenha tem tanta alma que fiquei morrendo de vontade de ler depois de tantos elogios a autora! eu te entendo, as vezes os livros deixam um vazio na gente que apenas outro bom livro pode preencher!

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Não conhecia este livro ainda e admito que a primeira vista ele não despertou meu interesse.
    Mas ao ler sua resenha e perceber o quanto você ficou envolvida pela trama e como final lhe tocou, fiquei com vontade de lê-lo também.

    ResponderExcluir
  30. Oie!

    Guria adorei a proposta dessa obra, irei indicar para uma antiga professora minha ela com certeza irá gostar da obra, eu por outro lado passo a dica por não ser meu gênero de leitura, mas deixarei o nome aqui anotado para mandar para ela!

    Bjss

    ResponderExcluir
  31. Oi, tudo bem?
    O livro me parece ótimo!
    Adoro essas histórias cheias de reviravoltas e o cenário é maravilhoso!
    Bjs

    ResponderExcluir
  32. Oi, Morgs! Não conhecia nem a editora, nem a autora, nem a obra. A história não me chamou atenção, na verdade me lembrou um roteiro de novela, mas fiquei curiosa para saber das reviravoltas e traições. Não é algo que leria agora, mas, quem sabe, daqui um tempo. Achei o título bem diferente, pois são palavras bem específicas da narrativa - talvez seja convidativo, mas me causou estranheza hihi. Como sempre, sua resenha tá linda, fiquei surpresa por você dizer que chorou no final, achei curioso.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. Olá, tudo bem?
    Gostei da capa e da premissa desse livro, também adoro quando a narrativa se dá em décadas distantes. Porém, essa tristeza no final me deixa com pé atrás. Estou passando longe de livros dramáticos, no momento :(
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  34. Tenho que concordar com você. Achei essa edição linda. *-* Parabéns pelas fotos. Esse negócio de mudar de País, Estado, Cidade em busca de uma vida melhor nem sempre dá certo. Imagino que Bento penou aqui no Brasil, coitadinho. Se adaptar, ficar longe da família, num clima no qual não se está acostumado deve ser um sufoco. Ainda não conhecia o livro, a autora e nem a editora, mas parece ser uma delícia de obra. Um beijo.

    ResponderExcluir
  35. Olá Morgs, pela sua resenha o enredo do livro parece estar incrível e o protagonista por querer vencer na vida de forma limpa já me conquistou <3 Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  36. Menina, parece um livro incrível. Gosto desses livros profundos, que trazem lutas e vitórias, e qque nos tocam profundamente. Vou procurar. obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  37. Morg. eu não a conheço, mas fiquei sua admiradora pela forma como v. comentou meu livro : escreve muito bem e tem ALMA ao escrever ! Agradeço ter gostado de ler este romance, ele mostra bem uma realidade que não pode ficar esquecida no Brasil : a vida de nossos avós,


    tios, parentes e amigos, a procura de uma vida melhor com direito a trabalho e realização e os grandes AMORES numa terra de promessas e futuro ... Estou escrevendo a continuação da familia Brasileira e desta vez ela vai conquistar um grande sucesso na América ... chama-se " AMELINHA, MEU AMOR" . Obrigado a todos os vossos comentários, um carinho e palavras destas com emoção, só no "meu/nosso" Brasil... Acho que a Tania Bueno me permite falar assim, não é ? Abraço a todos!

    ResponderExcluir

Segredos Literários | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS